Domingo, 7 de Agosto de 2022
1 6
:
0 7
Escute a rádio online | Cuiabá

Notícias | Polícia

05/08/2022 - 09:03

Mais de 120 veículos são roubados ou furtados por mês na Grande Cuiabá

Números são referentes ao primeiro semestre de 2022

Giro Conti

Mais de 120 veículos são roubados ou furtados por mês na Grande Cuiabá

Foto: Marcos Vergueiro/Secom-MT



Por TVCA

Cuiabá e Várzea Grande registraram 126 furtos ou roubos de veículos por mês no primeiro semestre de 2022, conforme dados da Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp-MT). Esse número equivale a quatro veículos roubados por dia.

De janeiro a junho deste ano, foram 759 registros dos dois crimes nos municípios. Ainda conforme o estado, 232 desses veículos foram recuperados.

No mesmo período do ano passado, houve 1.037 ocorrências. Já em 2020, 1.225 registros. Portanto, as quedas são de 26,8% e 15,34%, respectivamente.

De acordo com o delegado da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos (Derfva) Gustavo Garcia, a polícia tenta encontrar os grupos criminosos que praticam esse tipo de crime.

"Nós não buscamos só reprimir os furtos e os roubos e as execuções dessas ações criminosas, mas nós buscamos identificar as organizações criminosas que estão por trás desses crimes e daí, tentamos prender aquele que coordena e também tirar deles o proveito do crime", disse.

Segundo a polícia, os veículos que são roubados ou furtados podem ser usados para diversos tipos de crimes.

"Eles são desmontados ilegalmente e abastece um mercado ilegal de peças usadas na região metropolitana. Alguns veículos têm as placas e identificadores adulterados para serem vendidos em sites especializados de vendas. Pessoas de boa fé muitas vezes acabam adquirindo produtos de roubo. Outros veículos são encaminhados para a fronteira e podem ser vendidos ou trocados por droga", disse o delegado.

Porta de casa

Em junho, o ajudante de marceneiro André Felipe teve a moto CB-300 furtada na porta de casa, no Bairro Praieiro, na capital.

“De madrugada, quando formos sair para trabalhar, a moto não estava mais lá. Fizemos o boletim de ocorrência no mesmo dia, mas não conseguimos recuperar o veículo”, contou ao g1.

Ele usava a moto para trabalhar.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet