Segunda-feira, 4 de Julho de 2022
0 1
:
1 3
Escute a rádio online | Cuiabá

Notícias | Brasil

13/06/2022 - 09:35

Imposto de Renda 2022: veja calendário de pagamentos e como consultar a restituição

Primeiro lote foi pago a 3,38 milhões de contribuintes no dia 31 de maio; Pagamento contemplou idosos, contribuintes com alguma deficiência e pessoas cuja maior fonte de renda seja o magistério

Giro Conti

Imposto de Renda 2022: veja calendário de pagamentos e como consultar a restituição

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Por g1
 
A Receita Federal pagou, no último dia 31 de maio, o primeiro lote de restituição do Imposto de Renda 2022, relativo ao ano-base 2021. O pagamento ocorreu no mesmo dia em que se encerrou o prazo para entregar a declaração.

Mais de 3,38 milhões de contribuintes receberam R$ 6,3 bilhões ao todo. As consultas ao lote foram abertas no dia 24. Elas podem ser feitas:

na página da Receita na internet;
no aplicativo da Receita para tablets e smartphones (Imposto de Renda 2022: como baixar o programa)

O valor foi destinado a contribuintes que têm prioridade legal, sendo:

226.934 idosos acima de 80 anos
2.305.412 entre 60 e 79 anos
149.016 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave e
702.607 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério

Depois disso, a ordem dos pagamentos é feita com base na data da entrega da declaração. Quanto antes a pessoa entregou, mais cedo ela recebe o valor a restituir. Vale lembrar que a data de transmissão considerada pela Receita é a do último envio, em casos de ajustes ou retificações.

As consultas podem ser feitas pela página da Receita na internet ou no aplicativo para tablets e smartphones.

As datas para os próximos lotes de restituição são:

30 de junho
29 de julho
31 de agosto
30 de setembro

O pagamento da restituição é realizado na conta bancária informada na declaração. "Se, por algum motivo, o crédito não for realizado (por exemplo, a conta informada foi desativada), os valores ficarão disponíveis para resgate por até 1 ano no Banco do Brasil", informa o órgão.

As restituições de declarações que apresentaram inconsistência e caíram na malha fina serão liberadas apenas depois de corrigidas pelo cidadão, ou após o contribuinte apresentar comprovação de que sua declaração está correta.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet